“Administração transparente e cheia de realizações”, afirma ex-prefeita de Cacoal ao comentar aprovação de contas pelo pleno do TCE

Glaucione Rodrigues garante ter deixado legado de desenvolvimento no município


A ex-prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues, teve suas contas referente ao exercício fiscal 2020 aprovadas, por unanimidade, na última quinta-feira, 9, pelo Plenário do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia (TCE).As contas relativas aos exercícios de 2017, 2018 e 2019 já haviam sido aprovadas anteriormente pela Corte de Contas.

O relator do processo, conselheiro Wilber Coimbra, destacou que a execução do orçamento e a Gestão Fiscal de 2020 demonstram, de modo geral, “observou os princípios constitucionais e legais na execução orçamentaria do município e nas demais operações realizadas com recursos públicos municipais”.

De acordo com o relator, a ex-prefeita cumpriu a contento os índices de aplicação de recursos na educação (MDE), alcançando 26.18%; e, na remuneração e valorização do magistério (FUNDEB) com o percentual de 71.39%; na saúde com 18.98%. Outro destaque é que foram respeitados os limites máximos com gastos de pessoal.

A ex-prefeita acompanhou o julgamento de suas contas na sessão plenária transmitida através de videoconferência. “Recebi a decisão com o sentimento de dever cumprido porque sei do trabalho que fiz em Cacoal. As contas 100% aprovadas sinalizam de uma administração transparente e cheia de realizações”, disse.

E ressalta: “Deixei um legado de obras, compramos máquinas e equipamentos novos, tiramos o nome de Cacoal de ´Capital dos Buracos´ com a recuperação de toda a malha asfáltica, investimos na estrutura física e material das escolas, mantivemos a cidade limpa, e melhoramos a iluminação pública. Enfim, deixamos um legado de desenvolvimento para o cidadão cacoalense”, destacou.

As contas relativas ao período em que ficou na frente da administração da senhora Maria Aparecida Simões também foram aprovadas.

Participaram do julgamento os Conselheiros José Euler Potyguara Pereira de Melo, Edilson de Souza Silva, Valdivino Crispim de Souza, Francisco Carvalho da Silva, Wilber Carlos dos Santos Coimbra (relator) e Benedito Antonio Alves, o Conselheiro Presidente Paulo Curi Neto e o Procurador Geral do Ministério Publico de Contas Adilson Moreira de Medeiros.

Glaucione teve contas aprovadas por unanimidade no TCE / Foto: Extra de Rondônia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: